quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Conversas entre os pequenos...

Conversa entre A. e F. enquanto de manhã tomavam um xarope:
- Julgava que este medicamento era para os gritos - diz o A.
- Se fosse para os gritos não era para nós, era para a mãe - remata F.
"Ok eu confesso, é raro lhes bater mas, quando me "passo", o que não é assim tão raro, grito muito até extravasar toda a minha irritação".

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

A. e a pré-primária I

- T. (professora da terapia da fala) este ano estou "lixado". A profª A. manda trabalhos de casa todos os dias, todos os dias.
Coitada da profª A. só porque na quinta-feira mandou apanhar umas folhas de Outono do chão, (que ele não apanhou, só ontem, mas disse que explicou à professora que como nós, eu e o pai, chegamos muito tarde não deu tempo) e, porque sexta-feira mandou fazer o nome já misturando a letra grande e pequena 2 vezes, escrever os números até cinco, desenhar dentro de uns círculos uns desenhos conforme o nº que estivesse ao lado, (que ele disse à irmã, vou fazer umas bolas que é mais rápido) e fazer um desenho.

F. e a sua primeira aula de equitação...

- Mãe, tive medo!!!
- É normal filha, já viste o tamanho do cavalo?
Teve medo e mesmo assim galopou, aprendeu a sentar-se de lado e depois a deitar-se sobre o cavalo e a passar uma perna para o outro lado de modo a ficar correctamente sentada e até galopou sem mãos.
Cá por mim, se fosse eu, abraçava-me ao cavalo e não o deixava!!!

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

A. a treinar para o futuro...

- Eu amo-te!!!
- Mãmã, eu adoro-te!!!
- Gosto tanto de ti!!!
Estas são as declarações de amor com que o meu filho me brinda agora quando estamos juntos, assim, do nada, sem qualquer contexto anterior.
É claro que delicia uma mãe ouvir isto da boca do seu filho mas, não estará o petiz, inconscientemente, claro, já num treino para o futuro?!!! Qual será a miúda que vai conseguir resistir a um "russo", de olhos azuis e de frases tão simples e melosas ao mesmo tempo?!!! Quero ver isso!!!

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

O Mais-que-Tudo...

Já agora, tu que me deste os Parabéns logo cedo por hoje completarmos 222 meses de namoro, com um ar vitorioso, porque foste o primeiro a lembrares-te, este mês, vê lá se superas esta forma de Parabenizar através de um post!!!
Parabéns por estares comigo há 222 meses, não podias ter escolhido melhor. Modéstia à parte, claro!!!!

O Mais-que-Tudo...

- Passaste com a cabeça por alguma lata de tinta?!!! - pergunta que podia ser quase inocente não fosse sarcástica
É que o C., meu marido, sempre se vangloriou, a mim que tenho cabelos brancos desde antes dos 20 anos, de não ter cabelos brancos e, agora, de repente, visualizei-lhe uma data deles.
O C. já devia ter aprendido a não se meter comigo, mais tarde ou mais cedo acaba sempre por pagar:
Há já muitos anos fomos ao oftalmologista os dois, desenhou-me os piores cenários possíveis, eu saí de lá sem óculos, ele teve que voltar lá no dia a seguir para repetir exames porque o médico não acreditava que ele, que nunca tinha usado óculos, pudesse estar tão mal. O mesmo já se passou em análises normais, eu estou sempre dentro dos parametros normais, ele ultrapassa muito a escala em colesterol.
- Já agora meu querido C., apetece-te gozar com mais alguma coisa?!!!

A. e o futebol II...

Estes dois últimos treinos não têem sido fáceis para o A., no sábado não queria ir e ontem intimidou-se também um pouco quando chegou, ainda para mais ontem o "Mister" era outro.
No fim uma surpresa, um coleguinha que fazia anos trouxe um bolo para festejar.
Perto da mesa do bolo o Mister disse-lhe: "A. estiveste muito bem, foste um dos melhores.", ao fim estava eu a falar com ele:
- Então A. gostaste do treino?
- Gostei.
-Então tens que treinar desde o princípio, não te podes intimidar ao principio...
-Não se preocupe, ele vai lá - disse o Mister que o tinha treinado naquele dia - Vai lá e bem!!!

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Santa ignorância

Não sei porquê, lembrei-me há dias que, andava eu na preparatória, há uns aninhos portanto, quando, uma das minhas melhores amigas na altura, me contou que uma prima dela tinha engravidado e só por se ter sentado numa casa-de-banho pública!!!
Mas, o pior da questão, é que a sua prima lhe tinha dito que não tinha feito nada além disso e, os adultos, aqueles grandes malfeitores que nunca acreditam em nós, também não acreditavam na dita moça.
Ficámos as duas convencidas da inocência da dita prima e da injustiça dos adultos, mais uma vez!!!

terça-feira, 22 de setembro de 2009

Ensinamentos dos meus pais...

- É preciso saber estar quer numa taberna quer num retaurante de 5 estrelas!!!
- Aperto a mão a um "leproso" mas não a um hipócrita!!!
- Nunca dizer mal de nós próprios, os outros encarregam-se disso!!!
- Mais vale ser querido (convidado) que enfadonho!!!

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Ainda não ter ou já não ter idade para...

As crianças nascem e vão crescendo a pensar que o MUNDO é todo deles e depois vão-se apercebendo que se calhar não é bem assim, a nós, pais, vai-nos sempre doendo vê-los crescer assim.
As férias foram uma boa altura para esse "crescimento" por parte dos meus dois filhotes:
1º foi a F., no dia 10 de Agosto fomos ao Ikea fazer uma "pesquisa" para o quarto do A. e foi ela que se lembrou de ficar a brincar com o irmão na parte infantil, não sou adepta desses espaços, nem creio que a maioria deles tenha a protecção devida, mas neste, já há dois anos tinha lá deixado a F. com um amiguinho e, pareceu-me bastante seguro o sistema implantado por eles. A senhora disse que sim, que o A. podia entrar, mas ela não, pois já ultrapassava a altura estipulada para entrar. Ao contrário do esperado o A. quis ir mesmo assim mas, a minha pequenina, ficou com as lágrimas a correrem-lhe pela face, e como me custou cada lagrimazita dela, e desejou ser mais novinha.
O A. teve a sua experiência este fim de semana, a Catarina, vizinha do lado, fez anos na 6ª feira, mas a sua festinha foi ontem, numa piscina, o A. não foi convidado por motivos de segurança, o que eu até agradeci, mas ele coitadinho ficou a chorar, um chorar discreto, limpando as lágrimazitas à camisola e à noite perguntou-me se, por ser mais novo, nunca podia ir aos anos da Catarina. Disse-lhe que não, que para o ano já era mais crescido e já podia ir.
E, assim, vão-se eles apercebendo que afinal o MUNDO nem sempre é feito à sua medida...

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

F. e o material escolar...

Ontem, na minha boa vontade, no meio das compras de supermercado, lembrei-me que ainda havia alguma material escolar em falta para a F.
Assim, escolhemos uma caixa de plástico, laranja lisa, uma capa de elásticos com uma boneca parecida com a Puca mas com muitos dizeres à volta em cores secas, cinzento e preto, e um estojo que até parecia de colecções da Agatha Ruiz de La Prada pelas cores.
Como ontem acabámos por chegar tarde a casa, é o que dá fazer compras ao fim do dia, a minha safa é que a minha mãe vive connosco durante a semana e, portanto, recebe os meninos e trata dos banhos, jantares e afins, a F. só acabou por ver as compras para ela hoje de manhã.
Já íamos para sair quando o pai diz:
- A F. gostou de tudo menos do estojo.
- Não gostaste do estojo F.?
- Não, é ridiculo!!!

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Deixa estar...

- Deixa estar, não vale a pena!!! - respondeu a F. ao mesmo tempo que batia com a palma da mão na testa, isto porque eu não sabia o que era um Tererê, (pequenas tranças que se colocam no cabelo, prendendo com elásticos).
Que pensará uma "fodelha" de 9 anos quando responde isto à mãe:
"... que é tão quota que vive noutro mundo..."
"... quando não sabe estes pormenores de moda, não sabe nada..."
Enfim, só gostava de saber como é que há tantos pormenores da vida deles que nos passam ao lado e, sei que nós também, por vezes, olhávamos para os nossos pais e achávamos que eles eram uns quotas, mas ainda não estava preparada para que a minha filha me achasse, a mim, também uma quota!!!

sábado, 12 de setembro de 2009

The sigg world

Hoje, em nome da prevenção da gripe H1N1, aderi ao mundo do sigg, para já, só para os meus filhos.
Pediram na escola da F. e do A., assim como na escola de futebol, uma garrafa de àgua devidamente identificada e que esta seja mudada todas as semanas, no minimo.
Assim, resolvi-me por umas garrafas diferentes e, quase que personalizadas, porque mesmo que outros colegas comprem, no meio de tanta escolha, grande seria a coincidência que fosse igual o tamanho, o desenho e a cor, de qualquer modo vou-lhes pôr uma etiqueta com o nome.
Descobri ainda uma vantagem, podem ser lavadas na máquina.
Só para espreitar: http://www.sigg.com/products

A. e o futebol...

Confesso que acho o meu filho "doente" pelo futebol.
Ele deixa de comer um prato seu favorito para ir ver um jogo de futebol, mesmo que este esteja a passar na RTP memória e seja de à 20 anos, ele sabe que um jogador estava de castigo e assim questiona o pai porque é que ele está a jogar num determinado jogo, ele segue qualquer liga, nacional ou estrangeira e a 1ª coisa que faz quando pega num jornal de desporto é ver se naquele dia vai haver jogos e a que horas.
Como consequência inevitável, agora que já completou 5 anos, inscrevemo-lo numa escola de futebol, do Sporting, claro, e, confesso que fiquei "BABADA" ao ouvir o treinador dizer que ele, que de aparência e altura me parece ser o mais novo, estava muito bem, parecia um crescido e, também quando, no fim do jogo, um coleguinha de treino ao caminhar para o carro lhe disse: "A. jogaste muito bem, marcaste 3 golos".

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

F. e a moda...

Conversa com a F. ontem à noite:
- Oh mãe, não tens roupa fixe!
- O que é roupa fixe para ti?
- É assim roupa igual à minha só que para o teu tamanho!

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

Descubra as semelhanças...

Os meus filhos são mesmo muito diferentes, não só fisicamente como em todos os outros aspectos, finalmente descobri uma semelhança, nenhum deles gosta de pintar ou desenhar, no primeiro dia de regresso à escola, ele voltou a casa a dizer que tinha tido um dia muito mau, pela minha cabeça passaram logo mil e um filmes, uma queda, uma briga, um ralhete da nova professora, mas não, tinha estado, no dizer dele, uma hora e meia a pintar, corrigido pela irmã tinha sido para aí no máximo uma meia hora.
Assim tenho um jogo permanente com a F. e o A. descubra as semelhanças...